WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa Informa – 30.04.13

0

MPE INVESTIGA

O Ministério Público Estadual já está investigando denúncias de irregularidades envolvendo o pagamento de plantões médicos em unidades do município de Belém. O procedimento apura o pagamento de plantões a pessoas estranhas ao quadro de médicos, compra de medicamentos através de empresas terceirizadas, com a desativação do sistema de compras públicas de medicamentos, entre outras irregularidades. O diretor do Sindmepa, João Gouveia, já foi ouvido pela Promotoria que apura o caso.

SE A MODA PEGA

Na onda de privatização da saúde em Belém, foram veiculadas na semana passada notícias de que a Prefeitura de Marabá estaria visitando hospitais administrados por empresas privadas no Sul-Sudeste, com a intenção de copiar o modelo para o município. Reafirmamos que gestão privada não é a solução para a saúde pública, além de ser um atestado de incompetência de gestão e não representar qualidade de serviços, muito menos redução de custos, como já ficou provado.

MÉDICO NÃO É PRODUTO DE IMPORTAÇÃO

Nesta semana chamou a atenção a declaração da presidenta Dilma, veiculada pela imprensa nacional, de que vai lutar pela importação de médicos. A presidenta perdeu a compostura ao comparar médico a um objeto qualquer que se pode importar. Além de “deselegante”, é temerário colocar médicos sem a qualificação adequada, para atender pacientes do SUS e sem passar pelo Revalida, teste eficaz e garantia de que a população teria um atendimento digno.

ZENALDO E O PCCR

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho garantiu a diretores do Sindmepa, em audiência, que está sendo constituído um Grupo de Trabalho, pela Secretaria Municipal de Saúde, para estudar e elaborar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos médicos do município, uma reivindicação antiga da categoria. O mesmo Grupo vai estudar o realinhamento salarial defendido pelo Sindmepa. Para agilizar o processo, Zenaldo disse que será marcada uma reunião específica sobre o assunto nesta semana, com o secretário municipal de saúde, Joaquim Ramos. Estamos aguardando.

REDE SARAH

O Conselho Estadual de Saúde (CES) aprovou, na sua última reunião ordinária, proposta do Sindmepa de convocação de uma audiência pública para discutir as razões do hospital Rede Sarah não atender a pacientes do SUS. Convidado a prestar esclarecimentos sobre o assunto na reunião do CES, o hospital não enviou nenhum representante ao evento.

SANTA CASA

Centenas de pessoas participaram, na sexta-feira, do abraço simbólico à Santa Casa, com objetivo de firmar sua posição contrária à privatização da instituição, que tem mais de 300 anos de bons serviços prestados ao povo do Pará. O Sindmepa vai continuar lutando, junto com outras entidades organizadas da sociedade civil, contra essa ideia que consideramos uma traição ao povo paraense. E vamos continuar mobilizando a população e entidades para se juntarem a esta causa que consideramos da maior importância para o povo paraense. A Santa Casa é nossa. Não à privatização.

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará