WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa Informa – 26.08.2013

0

SVO

Após 30 anos de luta do Sindmepa, foi finalmente inaugurado na última sexta-feira o Serviço de Verificação de Óbitos do Estado, em convênio com a Sespa e CPCRC, por meio do IML de Belém. O SVO tem como funções principais realizar a necropsia em casos de mortes naturais ocorridas sem diagnóstico médico, determinar causas de mortes para fins estatísticos, planejamento e ações em saúde contribuindo para o controle sanitário necessário para prevenir a proliferação de doenças. Estão de parabéns a saúde pública e a população.

SANTA CASA EM DEBATE

A terceirização de serviços da Santa Casa, como os serviços de laboratório, limpeza e manutenção foi denunciada na sessão especial que a Câmara realizou na quinta-feira para discutir os problemas da maior maternidade do Estado. Na terça-feira, numa reunião extraordinária, o CES também discutiu os problemas do hospital que passam pelo financiamento adequado à saúde, gestão eficiente, valorização do servidor e a priorização da Atenção Básica. É o que não cansamos de repetir: devemos gastar dinheiro com a saúde, e não com a doença.

LEI DO ATO MÉDICO

A manutenção dos vetos da presidente Dilma ao projeto do Ato Médico, é mais prejudicial à população e ao SUS. A prerrogativa dos médicos de diagnosticar doenças e estabelecer tratamento permanece inalterada. O MS agora está pronto para criar protocolos que serão utilizados por não médicos visando diagnosticar doenças no lugar de médicos. É lamentável.

MÉDICOS CUBANOS

Sem férias, 13º salário, FGTS e com o salário (R$ 10.000) entregue diretamente ao governo cubano, cerca de 4.000 médicos que começaram a chegar ao Brasil neste final de semana, provenientes de Cuba, serão submetidos a condições de trabalho análogas à escravidão. Esta é a avaliação da Fenam, da qual compartilhamos, e que será relatada pela Fenam à Organização Internacional do Trabalho (OIT).

AGE URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Os médicos da Urgência e Emergência do Pronto Socorro da 14 e do Guamá, reunidos em Assembleia Geral no Sindmepa, relataram piora nas condições de trabalho nesses hospitais em relação a equipamentos, medicamentos, materiais e instalações. Vamos solicitar audiência com o secretário de saúde e o prefeito do município para pedir providências imediatas, sob pena dos pacientes novamente serem penalizados com movimento de paralisação ou possível greve.

SEAD HEMONÚCLEOS

Em reunião realizada na sexta-feira com a representantes de médicos dos hemonúcleos do Hemopa (Tucuruí, Altamira, Redenção, Capanema e Abaetetuba) o Hemopa, baseado em parecer do seu departamento jurídico, decidiu, lamentavelmente, manter a suspensão dos pagamentos dos sobreavisos dos médicos para estudar a situação. A decisão pode gerar graves problemas à qualidade do atendimento aos pacientes de doenças hematológicas nesses municípios com possibilidade, inclusive, de perdas desses profissionais.

PLENÁRIA

As entidades médicas (CRM, Sindmepa e SMCP) reunidas na sexta-feira decidiram convocar uma plenária no CRM, nesta segunda-feira, 26, às 19h, para discutir os acontecimentos envolvendo a lei do Ato Médico e a vinda de médicos formados no exterior, especialmente cubanos, para nossa região. Vamos decidir que ações e medidas serão tomadas para tentarmos reverter essa situação e a convocação da categoria para deliberação.

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará