WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa Informa – 22.09.2013

0

CADÊ O DINHEIRO?

Colunista do Correio Braziliense analisando dados do Siga Brasil, sistema de acompanhamento das contas públicas da União, mostra que o Ministério da Saúde não consegue usar com eficiência a verba disponível no orçamento. Até agosto deste ano, foram usados somente 26,5% do total de R$ 10 bilhões disponíveis para a compra de equipamentos e realização de obras. Dados da ONG Contas Abertas mostram que, a despeito das dificuldades da saúde no Brasil, de 2003 a 2012 o MS deixou de investir R$ 34,2 bilhões que estavam disponíveis no orçamento.

REPASSES ATRASADOS

Enquanto o governo do Estado gasta tubos de dinheiro com o programa Presença Viva (Morta) fazendo propaganda eleitoreira junto à população com ações de Atenção Básica, atrasa o repasse do PAB Estadual desde maio, Farmácia Básica desde junho e o SAMU desde agosto. Depois atribui exclusivamente aos municípios a culpa pela superlotação na Santa Casa e prontos socorros, que não fazem a sua parte na Atenção Básica.

CONSTRANGEDOR

Constrangedora e desrespeitosa com o trabalhador contribuinte, usuário dos péssimos meios de transportes públicos de Belém, a atitude do prefeito Zenaldo Coutinho em utilizar o helicóptero da Sespa para seu deslocamento até Icoaraci. Esta aeronave deveria estar transportando pacientes graves das cidades interioranas para Belém, a procura de tratamento adequado para suas dores.

INTERNOS DO HC

Onze pacientes, homens e mulheres, continuam internados no Hospital de Clínicas Gaspar Viana há mais de um ano, por determinação da justiça, mesmo já tendo recebido alta médica do hospital. Enquanto isso, a capacidade de atendimento do hospital já está acima do limite, forçando a Fundação a enviar pacientes a outras clínicas com as quais mantém convênio. A justiça precisa avaliar se deve manter esses pacientes com necessidade de atendimento social ocupando o lugar de pacientes em surto, que chegam ao HCGV em crises depressivas, agressivos, com risco de suicídio e/ou homicídio e quadros psicóticos agudos.

INVASÃO

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (Cremec) foi invadido por um grupo de aproximadamente 150 anarquistas ligados ao MST, com faixas e cartazes, em apoio aos médicos cubanos, com palavras de ordem e cerceamento do direito de ir e vir de todos os funcionários, que ficaram presos até às 18h, no prédio do conselho. Intolerantes, exigiam o imediato registro dos médicos contratados pelo Mais Médicos do Governo Federal. Depois acusam os médicos brasileiros de xenófobos.

SAÚDE MAIS DEZ

A posição contrária do governo ao projeto de iniciativa popular Saúde Mais Dez, que já tem mais de dois milhões de assinatura da sociedade civil organizada, soa contraditório para quem está preocupado com a saúde dos brasileiros, visto que o financiamento é um dos principais entraves ao SUS. Outros graves problemas, como a gestão eficiente, a corrupção, a impunidade e a falta de valorização dos servidores com condições adequadas de trabalho e remuneração digna. O governo está surdo e mudo. Afinal de contas, que preocupação com a saúde dos brasileiros é esta?

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará