WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Desrespeito: em Benevides, médicos são demitidos via whatsapp

0

“Dr., obrigado pelo tempo que ficou conosco, mas a partir de amanhã o sr não precisa mais ir”. Esse é o teor da mensagem enviada a médicos plantonistas de Benevides, via whatsapp pela prefeitura municipal em represália ao movimento de paralisação anunciado desde a última segunda-feira pelos médicos do município.

Os médicos de Benevides decidiram paralisar atividades em função de diversos problemas que vêm enfrentando desde outubro. O pagamento referente ao mês de outubro, que deveria ter sido realizado dia 10/10, somente saiu no final do mês, e houve médicos que não receberam todos os plantões e outros não receberam pagamento algum. Sobre o pagamento do mês de novembro, praticamente nenhum médico recebeu ainda, e os que receberam, novamente não tiveram a remuneração integral dos plantões. Os médicos que atuam no município não tem qualquer contrato formal de trabalho com a prefeitura, sendo esta uma condição para voltarem aos plantões.

Com a paralisação parcial, unidades de Benfica e Benevides centro estão funcionando sem médico. Há suspeita de que enfermeiros estejam atendendo no lugar dos médicos. O Diretor do Sindmepa, Waldir Cardoso, afirmou que a medida é “arbitrária e uma falta de respeito com os médicos que estão lutando por melhores condições de trabalho e dignidade no exercício da profissão”. Ele ressaltou que o Sindmepa já acionou o setor jurídico que analisa processar a Prefeitura por danos morais.

“O fato da gestão não atender à solicitação de audiência representa uma aposta no confronto e descaso com a população que está desassistida. A falta de medicamentos e insumos básicos e exames complementares justifica o movimento”, acrescentou Waldir Cardoso, que acompanha o movimento.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará