WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Médicos decidem suspender ameaça de greve

0

Diante da ameaça de paralisação das atividades médicas no hospital Divina Providência, de Marituba, o prefeito Mario Filho convocou a direção do hospital e médicos do corpo clínico para informar que a Prefeitura vai começar ainda nesta semana a fazer os repasses de pagamentos atrasados àquele estabelecimento de saúde, que se acumulam desde setembro do ano passado.

A reunião com o prefeito aconteceu na última quarta-feira, data marcada para uma Assembleia Geral Extraordinária no Sindmepa, onde os profissionais decidiriam as ações estratégicas a serem tomadas para que a Prefeitura cumprisse com sua responsabilidade de pagar o hospital e, consequentemente, o hospital poder honrar com os salários em atraso dos médicos. Só para os anestesistas o hospital já deve cerca de R$ 150 mil. Na reunião com a direção do Divina Providência o prefeito prometeu começar a pagar os anestesistas já a partir desta sexta-feira, 13.

“Diante das promessas do prefeito, os médicos decidiram dar um voto de confiança à Prefeitura e aguardar. Mas se as promessas não se concretizarem, teremos que tomar as providências necessárias”, disse o diretor do Sindmepa, Wilson Machado, que acompanha as negociações.

Na última semana, médicos do hospital de Marituba denunciaram ao Sindmepa que não recebiam desde 2014. Os atrasos dos pagamentos da prefeitura com o hospital coloca em risco a manutenção do estabelecimento, considerado o maior da região.

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará