WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Posse da nova diretoria de Fortaleza sinaliza novos rumos no sindicalismo médico brasileiro

0

Cerca de 500 médicos participaram, em Fortaleza, no último final de semana, da cerimônia de posse da nova diretoria do Sindicato dos Médicos do Ceará, reunindo entre as autoridades, dois senadores, dois deputados federais, vários estaduais e pelo menos doze representantes de sindicatos médicos do Brasil. Representando o Sindmepa, participaram os diretores João Gouveia e Waldir Cardoso.

“Uma demonstração inequívoca de força e novos tempos no sincalismo médico do Ceará”, disse João Gouveia, sobre o evento onde médicos de todo o Brasil aproveitaram para debater a organização da categoria e vários problemas que afetam os profissionais em um fórum sobre Sindcalismo Médico organizado pelo sindicato local.

11088530_10205473932062167_6473786053973786190_n

Os participantes compartilharam experiências em quatro mesas redondas: Sindicato médico e iniciativa privada, relação com os hospitais privados e planos de saúde; Negociação com gestor público: desafios e dificuldades; O sindicato e seu associado: aproximando e valorizando; e Entidades médicas: propostas de atuação conjunta. Na mesa sobre Sindicato, o diretor Waldir Cardoso expôs a atuação do Sindmepa e apresentou um vídeo institucional da entidade.

Durante o Fórum, vários sindicalistas apresentaram a proposta de criação de uma nova Federação “pois a que existe não está representando mais nem os sindicatos muito menos a categoria médica brasileira”, disse João Gouveia. Na região Norte, pelo menos cinco sindicatos já estão fechados com a nova Federação e no Nordeste, quatro sindicatos seguirão o mesmo caminho. Em todo o Brasil, já são cerca de 35 sindicatos com a disposição de discutir a criação de uma nova entidade nacional que represente a categoria médica. No próximo dia 24, o assunto será tema de uma reunião ampliada que vai acontecer em Recife.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará