WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Nova entidade médica brasileira terá lançamento em maio

0

A data já está marcada. Será no próximo dia 21 de maio, na cidade de São Paulo, a criação da Federação Médica Brasileira (FMB), que vai congregar,  inicialmente, 17 entidades sindicais médicas de todo o Brasil. A deliberação pela criação de uma nova entidade nacional deu-se em um encontro que aconteceu em Recife neste mês de abril, onde foi aprovada a Carta de Pernambuco.http://migre.me/pG3h1

No documento, os médicos presentes consideram os diversos problemas enfrentados pela categoria médica, como o avanço da precarização das relações e das condições de trabalho, falta de políticas de recursos humanos, desvalorização do trabalho médico, desestruturação do processo de residência médica e os problemas de gestão pública da saúde.

Diante de um quadro caótico da saúde no Brasil, a categoria se ressente da presença de uma entidade nacional forte “capaz de canalizar todos os anseios do mundo do trabalho da categoria médica, representativa de todas as regiões e organismos de base”, de caráter “não intervencionista” e “democrática”. Destacam ainda a existência de “ações intervencionistas da atual direção da Fenam nas organizações regionais sindicais brasileiras” e a necessidade da intervenção permanente dos médicos “nos grandes debates sanitários e políticos do País”.

Com esse espírito, os médicos participantes da reunião de Recife decidiram que “a hora é agora. Momento de transformar a história da organização sindical médica brasileira em uma história de homens e mulheres compromissados com a categoria e, sobretudo, com saúde de qualidade para a população brasileira”.

Entre os princípios da nova entidade foram aprovados: Democracia participativa, Unidade na diversidade, Compromisso com o médico, a medicina e a saúde, Independência e autonomia e Compromisso com o povo brasileiro.

Subscrevem a Carta de Pernambuco os sindicatos médicos do Pará, Pernambuco, Alagoas, Ceará, Paraíba, Santa Catarina, Niterói, São Paulo, Santos, Campinas, Tocantins, Mato Grosso, Anápolis, Acre, Rondônia, Roraima e Amapá.

Durante a reunião foi escolhida uma Comissão para elaboração do Estatuto da nova entidade, composta pelos médicos Waldir Cardoso, diretor do Sindmepa, Malu David (Pernambuco), Erivalder Guimarães (São Paulo), Janice Painkow (Tocantins) e Edilma Albuquerque (Alagoas).

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará