WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa Informa -08.05.2015

0

DIA DAS MÃES

Nossos agradecimentos e felicitações especiais nesta semana a todas as mães guerreiras desse país, que batalham por uma vida mais digna e feliz a todas as famílias brasileiras, independente de renda, raça ou religião. A todas as mães nosso respeito e consideração.

PRISÃO ABUSIVA

Um médico foi preso em Alenquer por ter se negado a fazer um laudo cadavérico solicitado pelo delegado local, sem autorização judicial. A assessoria jurídica do Sindmepa acionou o Ministério Público, que interviu na questão para liberação do médico, contactando com a Corregedoria de polícia e a delegacia geral. O Sindmepa agora vai mover uma ação por perdas e danos contra o Estado e representar junto à corregedoria de polícia contra os policiais envolvidos na detenção ilegal e arbitrária do médico, que foi jogado no chão, pisado no pescoço e algemado. Chega de desrespeito com a categoria médica.

ATENDIMENTO DIGNO

Médicos de Marabá que trabalham sob contrato com a Prefeitura Municipal vão fazer um levantamento completo dos problemas que enfrentam no atendimento aos usuários do SUS. Nossa recomendação é de que cada colega atenda, no máximo, 16 pacientes garantindo assim atendimento adequado e digno aos usuários. A PMM precisa garantir condições mínimas de trabalho aos médicos, tais como acesso à água potável, acesso a banheiros decentes, cadeiras ergonômicas e segurança. Médicos também têm direito à liberação para congressos científicos, incorporação das gratificações ao salário, plano de carreira e reajuste salarial.

SANTARÉM

Em Santarém a constituição de uma cooperativa médica pode ser a saída momentânea para solucionar problemas entre a categoria e a Prefeitura Municipal. A meta é cobrar condições adequadas de trabalho, concurso público e PCCR, garantindo direitos trabalhistas.

NOVAS ÁREAS

O Conselho Federal de Medicina reconheceu a cirurgia bariátrica e a reprodução assistida como novas áreas de atuação de médicos. A primeira fica vinculada à cirurgia do aparelho digestivo e à cirurgia geral; e a segunda, à ginecologia e obstetrícia. Médicos que atuam nessas áreas terão um prazo para se registrar à AMB e a partir de agora só poderá obter o título de especialista quem participar de cursos de especialização oferecidos pela AMB em convênio com as sociedades médicas ou que concluam residência médica específica. Ao todo, 53 especialidades e 56 áreas de atuação são reconhecidas pelo CFM.

GESTÃO INCOMPETENTE

Nova análise do CFM sobre as contas do Ministério da Saúde informa que quase R$ 10 bilhões deixaram de ser aplicados no SUS no exercício de 2014. Do total de recursos inicialmente previstos, R$ 108,3 bilhões, foram executados 91% do orçamento, segundo dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siaf). Essa história de contingenciamento na área, só tem duas explicações. Ou falta competência na gestão dos recursos ou a saúde não é vista como prioridade para o atual governo.

GUERRA AOS PLANOS

Vamos esvaziar os planos de saúde em resposta à política de desvalorização da mão de obra médica arquitetada pelos planos. Essa foi a principal decisão da assembleia convocada pelo Comissão Estadual de Honorários Médicos, que discutiu a relação dos profissionais com os planos de saúde. O crescimento do número de usuários dos planos é inversamente proporcional ao valor dos honorários médicos. Praticam tabelas defasadas e pagam procedimentos médicos a preço de banana. Temos que dar um basta nisto. E a hora é agora.

TRANSPLANTES DE FÍGADO

Viabilizar infraestrutura para transplantes de fígado no Estado é uma das ideias defendidas pelo Sindmepa no GT de Transplantes. Temos equipe médica capacitada que, inclusive, já realizou um transplante de fígado com sucesso. A lista de espera de pacientes com indicação de transplante de fígado já chega a 300. Urge a construção do hospital do transplante.

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará