WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa pede que MP ajuize ação para funcionamento de farmácias 24hs

0

Mais uma reunião foi realizada na manhã desta segunda-feira, 29, entre proprietários de farmácias da ilha do Mosqueiro, Ministério Público Estadual e Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa), para discutir o funcionamento de farmácias 24 horas na ilha. Esta é quarta audiência convocada pelo MPE a pedido do Sindmepa para discutir o assunto. O Sindicato foi representado na audiência pelo assessor jurídico, Eduardo Sizo.

Uma das maiores drogarias da região, a Extrafarma não convocou nenhum representante para participar do debate. Durante a reunião, representantes das farmácias Big Ben reiteraram que só aceitarão fazer rodízio noturno se todas as pequenas drogarias forem obrigadas a fazer o mesmo procedimento. Em vista disso, o Sindmepa solicitou audiência pública para que a população possa se manifestar sobre o assunto, além do ajuizamento de ação pelo MP para que as farmácias Big Ben e Extrafarma sejam obrigadas a cumprirem o rodízio noturno, solicitação que foi acatada pelo MP.

Eduardo Sizo, que tem acompanhado as reuniões desde o início dos debates, reafirma que além de mais estrutura, as redes de drogarias Big Ben e Extrafarma têm mais oferta de medicamentos, localização estratégica e maior capacidade econômica, além de serem dotadas de câmeras de segurança.

De acordo com a lei 13021/14, “farmácias e drogarias deixam de ser meros estabelecimentos comerciais para se transformar em unidades de prestação de assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva”.

A solicitação para o funcionamento das farmácias 24 horas em Mosqueiro partiu dos médicos do hospital municipal. Além da demanda que já tinham, com o incêndio do HPSM da 14, o hospital municipal ficará responsável também em atender as demandas normais e das ilhas.

O Sindmepa apoia o funcionamento das farmácias em regime de 24hs. “É um direito da população ter acesso a medicamentos, independente do horário. É uma ação cidadã e uma questão de saúde pública”, ressalta o diretor do Sindmepa, Waldir Cardoso.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará