WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa reúne com entidades médicas e instituições para debater assuntos relevantes à saúde

0

Na última quarta-feira, 24, uma reunião realizada na sede do Sindmepa, discutiu questões como a saúde no município de Belém e no Estado, a terceirização na saúde, a participação na Conferência Municipal e Estadual de Saúde.  O evento reuniu entidades e instituições da saúde estadual e municipal.

“A situação da saúde, em Belém, é crítica. Faltam leitos, remédios, condições de trabalho, coisas básicas que as unidades como a Estratégia Saúde da família deveria ter. Já no Estado, o problema maior está na atenção básica que está deficiente, a crítica vai para a gestão dos hospitais que foram entregues à OSs”, declarou o diretor administrativo do Sindmepa, João Gouveia.

De acordo com o coordenador do Sindsaúde, Fernando Silva, as unidades Saúde da Família não têm um funcionamento adequado, por esse motivo, acaba sobrecarregando os hospitais. “O sucateamento dos serviços de saúde, das unidades de atendimento e dos equipamentos já perdura por anos. É grave o não funcionamento da atenção básica”, disse.

Para a representante do CRM, Tereza Azevedo, o munício está deixando a desejar, “os serviços oferecidos são deficitários, faltam medicamentos básicos. O Hospital Ophir Loyola está sobrecarregado, os pacientes muitas vezes precisam esperar de três a quatro meses para ter um leito. Falta gestão para resolver estes problemas”, afirmou.

De acordo com o representante da Sespa, Hélio Franco, a OS seria a melhor alternativa ao custo da folha de pagamento, para não ultrapassar o limite de verba. Presente também na reunião, o representante da CTB, José Marcos Araújo, criticou a terceirização dos hospitais públicos e os prejuízos dos trabalhadores.

Além da situação da saúde, a reunião que aconteceu na última quarta-feira (24), no Sindmepa, também discutiu a terceirização desses serviços, a participação das entidades na Conferência Municipal de Saúde de Belém e a Participação na Conferência Estadual de Saúde. Uma nova reunião ficou marcada para a próxima segunda-feira, 29, no Sindmepa, para debater os dois últimos assuntos.

Estiveram presentes na reunião representantes do CRM-PA, SIMDSAÚDE, Sespa, CRP/Gempac, UFPA, CTB, Soepa e Casa Ad/ Cebes-PA.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará