WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Excedente que pode salvar vidas

0

O leite materno é de grande importância nos primeiros meses de vida de toda criança. Os nutrientes contidos nesse alimento atuam como uma proteção para a saúde do bebê. Por isso, quando, por algum motivo a mãe não produz leite, os bebês precisam contar a solidariedade de doadoras de leite materno.

A doação é essencial, sobretudo, para prematuros e crianças abaixo do peso (menos que 2,5kg), como recomenda o Ministério da Saúde em seu portal de notícias, “as evidências científicas indicam que bebês prematuros e/ou doentes que se alimentam de leite humano no período de privação da amamentação possuem mais chances de se recuperarem e de terem uma vida mais saudável”.

Segundo a nutricionista, Vanda Marvão, que atualmente gerencia o Banco de Leite da Santa Casa, o leite materno, principalmente nos sete primeiros dias, age como um escudo contra possíveis infecções “formando uma camada de proteção no bebê, especialmente no sistema respiratório e digestivo da criança”.

A doação pode ser feita pela lactante quantas vezes desejar e enquanto tiver excedente de leite, conforme esclarece a nutricionista, “desde que não prejudique a alimentação do seu próprio bebê”, afirma.

Para a mãe Alexandra da Costa, a solidariedade de outras mulheres doando leite é algo que a deixa muito feliz e gratificada. Alexandra explica que não produz leite suficiente para amamentar sua filha de apenas 15 dias. Por esse motivo, conta com a doação de leite materno para complementar a alimentação de sua bebê. “O leite neste momento tão importante para o desenvolvimento da minha filha é vida”, disse.

A nutricionista, Vanda Marvão explica que a doação pode ser feita de três maneiras: Coleta interna na enfermaria, quando a mãe ainda está internada e deseja fazer a doação; Coleta interna no Banco de Leite, nesse caso a lactante pode ir até o Banco de Leite da Santa Casa realizar a doação; Coleta externa, para isso, basta entrar em contato com o Banco de Leite e solicitar fazer a doação. Uma equipe do Corpo de Bombeiros, intitulada Bombeiros da Vida, é enviada à casa da lactante para fazer a entrega de um kit para coleta, instruir a mãe sobre como realizar esse processo e recolher o leite doado.

De acordo com dados estáticos da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, este ano o Pará distribuiu 1, 8 mil litros de leite. A nutricionista da Santa Casa explica que a prioridade para receber leite humano são bebês prematuros que necessitam de maiores cuidados.

As mães que desejam ser doadoras devem entrar em contato pelos telefones da Santa Casa: 0800 727 2057 / 4009-2311 / 4009-2212 / 2318 / 0310 (Atendimento 24 horas).

Foto: Santa Casa do Pará

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará