WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Médicos discutem com a Sesma atendimento pós-incêndio do HPSM da 14

0

A abertura de dez leitos de UTI pediátrica, serviço de cirurgia pediátrica e vinte leitos clínicos no prédio antigo da Santa Casa foram algumas das soluções apontadas pela Sesma para reestruturação da rede de atendimento de urgência e emergência de Belém em reunião de trabalho realizada hoje de manhã entre médicos e representantes da Secretaria.

O incêndio registrado no HPSM da 14, o Mário Pinotti, na semana passada, tornou ainda pior o caos no sistema de atendimento de U/E de Belém, levando o Sindmepa a provocar uma reunião em caráter de urgência com representantes da Sesma e médicos de diversas especialidades que atendiam no hospital da 14 para discutir fluxos de atendimento e novos locais de atendimento.

P1090339

Além dos serviços providenciados pela Santa Casa, que serão referenciados pela regulação, a Prefeitura anunciou que já na próxima sexta-feira deve ser publicado o edital de desapropriação do hospital Samaritano, onde serão abertos outros 28 leitos cirúrgicos no térreo do hospital, já que o prédio não dispõe de acessibilidade para os andares superiores, o que irá requerer uma obra de reforma no prédio. Inicialmente vão funcionar duas salas de cirurgia com equipamentos, mobiliários administrativos e hospitalares do próprio hospital complementados com os do HPSM da 14.

A Prefeitura também promete equipar a unidade de saúde do Guamá para atender urgências 24 horas com casos de menor complexidade antes concentrados no Mário Pinotti, além de reforçar com equipamentos, equipes médicas e de enfermagem as 11 unidades de saúde de urgência e emergência da rede.

Outras providências serão o reforço da UPA de Icoaraci com um especialista em traumatologia transferido do HPSM da 14, além de mobiliário e  equipamentos. O hospital Humberto Maradei também dará retaguarda clínica para a Rede, assim como alguns atendimentos que antes eram encaminhados pelo Metropolitano para o HPSM da 14, como cirurgias pediátricas e primeiros atendimentos a escalpelados serão feitos no próprio hospital.

Além dos diretores do Sindmepa, Wilson Machado, João Gouveia e Emanuel Resque, médicos de várias especialidades participaram da reunião de hoje na Sesma com o secretário Sérgio Figueiredo e o coordenador de urgência e emergência, Ivison Carvalho. Cada um falou de suas necessidades e preocupações no desempenho profissional.

Foi uma reunião positiva na avaliação do diretor João Gouveia, que ressaltou que muitas outras ainda deverão ser realizadas para se ajustar as equipes e reduzir ao máximo o impacto dos problemas do HPSM da 14 sobre os usuários do SUS.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará