WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sempre é tempo de cuidar da pele

0

O mês de julho se encerra hoje. Muitas pessoas aproveitaram este tempo para descansar e curtir as férias, o momento agora é para cuidar das consequências de alguns excessos.

Tomar os devidos cuidados de proteção da pele contra os raios solares é muito importante para manter a pele saudável. De acordo com o dermatologista João Gouveia, as consequências dos raios solares podem ser graves e até irreparáveis. Ele explica que os efeitos do sol são cumulativos, ou seja, os danos não costumam aparecer após uma exposição apenas “os prejuízos do sol costumam aparecer no decorrer da vida. Por isso é importante o cuidado desde que a pessoa nasce, utilizando o filtro solar adequado para o seu tipo de pele e que protejam conta raios UV do tipo A e B”, afirma.

O uso do protetor solar deve ser diário, independentemente do tamanho da exposição ao sol, o produto deve ser aplicado à cada quatro horas e é importante que ele seja reaplicado caso a pessoa entre em contato com água.

Além do filtro solar, o dermatologista ressalta outros cuidados importantes como a hidratação com água e cremes hidratantes, que ajudam a manter a quantidade de água na pele entre 10% a 30%. “O melhor tipo de hidratação que pode existir para o organismo é a água. Por isso é muito importante tomar de dois a três litros de água todos e passar cremes hidratantes no corpo sempre após o banho com a pele ainda úmida”, explica.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, durante o verão, é essencial o uso de chapéus e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois elas retêm cerca de 90% das radiação UV. A sociedade também recomenda evitar a exposição solar entre 10h e 16h e o uso de óculos de sol e barracas em praias e piscinas.

Para quem se expôs exageradamente ao sol nestas férias, Gouveia recomenda que procure um dermatologista para avaliar os possíveis danos causados pelo sol. Já que os raios solares podem provocar efeitos agudos contra a pele como desidratação e até mesmo insolações que fazem com que, em alguns casos, o paciente precise tomar medicamentos para amenizar os afeitos dos raios solares, remédios para dor, e hidratação de emergência.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará