WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Diretor do Sindmepa toma posse no CES

1

 

O diretor do Sindmepa João Gouveia, voltou a integrar o Conselho Estadual de Saúde (CES) como membro titular. Ele tomou posse em substituição ao também diretor do sindicato dos médicos Lafayette Monteiro, que pediu afastamento por problemas de ordem pessoal e profissional. Gouveia já foi conselheiro titular do CES há três anos tendo participado de importantes debates e votações envolvendo a saúde no Pará.

Em sua posse, ontem (25), frisou a satisfação em retornar a compor o Conselho como membro titular, não só de participar das reuniões ordinárias, mas também como membro da comissão de gestão. Durante a reunião, informou sobre a Corrida da Saúde, realizada pela primeira vez pelo Sindmepa e Sindesspa, convidando conselheiros e instituições a participarem; e sobre a criação do Grupo de trabalho para discutir a redução dos acidentes de trânsito com ênfase para os acidentes de moto, problema grave que vem causando sérios problemas à saúde pública com pesados ônus à Previdência e ao SUS.

João Gouveia também destacou a semana de combate ao escalpelamento, que vai até sexta-feira e que tenta reduzir outro grave problema originado nos rios paraenses. Só este ano já foram registrados oito casos de acidentes com escalpelamento, o mesmo número registrado no ano passado. A preocupação aumenta ainda mais com a proximidade do Círio de Nazaré, devido ao aumento do número de passageiros que se desloca do interior para a capital.

O diretor do Sindmepa também participou ontem de uma reunião específica para tratar da Conferência Estadual de Saúde, que vai de 15 a 17 de setembro e onde serão eleitos os novos membros do Conselho Estadual de Saúde pra o próximo mandato. “Consideramos extremamente importante a participação de entidades representativas de trabalhadores no Conselho, que é o órgão máximo de gestão da área da saúde no Estado. Tudo tem que passar pelo Conselho, desde prestação de contas, despesas, relatórios, auditorias, entre outros”, disse.

1 comentário

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará