WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sensibilização ao aleitamento materno pode garantir recertificação à Santa Casa

0

Há 17 anos a Santa Casa do Pará detém o título de Hospital Amigo da Criança, concedido pelo Ministério da Saúde e pelo Unicef aos estabelecimentos de saúde que mantém iniciativas de sensibilização ao aleitamento materno. Para conquistar o título, a instituição deve cumprir 13 passos, ou metas, que a credenciarão junto ao MS e serão acompanhados permanentemente para garantir que essas práticas sejam incorporadas às rotinas internas, tanto de colaboradores como de pacientes e usuários.

O hospital investe agora na recertificação para garantir o título de Hospital Amigo da Criança. O processo é conduzido por técnicos do Ministério da Saúde, que visitarão a Maternidade para conversar com profissionais e usuários. O objetivo é identificar o quanto os 13 passos da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC) estão incorporados às rotinas dos servidores da Santa Casa e se as pacientes e acompanhantes foram impactados com as orientações.

O processo de recertificação será iniciado em novembro deste ano, mas a direção da Santa Casa já trabalha para garantir a manutenção do título. Para sensibilizar o público-alvo, foi criada uma comissão interna que desenvolve uma extensa programação de educação continuada em favor da importância do aleitamento materno. “É uma honra para nós termos esse título, pois reforça a nossa missão de levantar a bandeira da saúde da mulher e da criança no Estado. Por isso, temos todo interesse em mantê-lo ainda por muito tempo”, ressalta Rosangela Monteiro, presidente da Fundação Santa Casa.

A avaliação da implantação da política de aleitamento materno exclusivo envolve, prioritariamente, o atendimento humanizado. Uma das integrantes da comissão IHAC da Santa Casa é a nutricionista Cynara Sousa, que também é coordenadora do Banco de Leite Humano da instituição. Ela informa que no processo de recertificação a Maternidade presta contas das atividades e das capacitações realizadas, assim como de toda a rotina diária que é mantida em prol dessa política. “O trabalho é constante, mas estamos intensificando as rodas de conversas e cursos para reforçar e fortalecer o incentivo ao aleitamento materno. O destaque está na forma humanizada com que adotamos essa prática, fazendo com que a mãe se sinta o sujeito do atendimento, da política, juntamente com o corpo funcional”, destaca a nutricionista.

 

Fonte: Ascom Santa Casa

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará