WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Médicos da Sesma discutem condições de trabalho em AGE, no Sindmepa

0

Médicos que trabalham para a Sesma estiveram reunidos na noite de ontem (25), no Sindmepa, para discutir melhorias trabalhistas, frente à situação caótica que vêm enfrentando em seus locais de trabalho, como: falta de segurança, falta de materiais para atendimento aos pacientes, defasagem salarial, entre outros.

Durante a reunião, médicos denunciaram que vêm sofrendo perseguição por parte da Sesma. “É deprimente a situação que a Sesma nos expõe”, afirmou um médico, citando as precariedades vivenciadas no local de trabalho. De acordo com o médico, ele chegou a procurar a sesma para relatar as condições de trabalho que era submetido e como resposta a secretaria tentou tirá-lo das escalas de plantão.

A situação da segurança também foi discutida na reunião. Segundo relato de um médico, os assaltos são constantes nos arredores das unidades e até mesmo dentro de uma unidade.

De acordo com o médico, ao questionar um gestor sobre como seria feita a segurança durante as visitas médicas aos pacientes, o gestor comunicou que os médicos deveriam fazer amizade com os bandidos para não sofrerem com violência. “Com o tempo, eu acabei realmente fazendo amizade com alguns dos bandidos e os próprios bandidos pedem para que a gente vá embora mais cedo, por conta dos perigos.

Uma reunião com o prefeito Zenaldo Coutinho e médicos da Sesma está marcada para o dia 1 de dezembro, às 19h, na prefeitura de Belém. Na ocasião, os médicos vão expor ao prefeito as precariedades vividas pelos médicos da Sesma, além de apresentar a pauta de reivindicações com prazo definido para análise em próxima AGE.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará