WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Comando de greve da Sespa elabora documento com reivindicações

0

O comando de greve dos servidores médicos do estado, reunido na tarde de hoje no Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa), elaborou documento dirigido ao governo do estado com as reivindicações propostas pela categoria, solicitando abertura de negociações com o governo. Médicos que trabalham para o estado estão em estado de greve desde ontem à noite como resposta às medidas unilaterais editadas pelo governo que cortam gratificações pela metade e não repõem perdas da inflação do período de maio de 2015 a abril deste ano. Eles marcaram indicativo de greve para o próximo dia 02, dentro do que prevê a lei, caso não haja acordo sobre as medidas anunciadas. http://migre.me/tCksW

O documento com as reivindicações foi protocolado hoje à tarde junto à Casa Civil do governo do estado e ratifica decisão da assembleia geral extraordinária realizada na noite de segunda-feira. “São refutadas todas as perdas de remuneração impostas pelas medidas do governo, com o retorno às remunerações originais em vigor no início das negociações que envolveram a GDI (Gratificação de Desempenho Institucional) e GAC (Gratificação de Alta Complexidade), além do reajuste salarial com a reposição da inflação do período (maio/2015 a abril/2016), que chega a 9,9%, de plantões e sobreavisos”, explicou o diretor João Gouveia.

O documento enviado ao governo é composto por oito itens, que englobam ainda a discussão do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV), com aprovação ainda este ano pela Assembleia Legislativa do Estado para implementação em 2017. Além de protocolado na Casa Civil, cópias do documento foram encaminhadas para MPE, MPF, CRM-PA, Sespa, FHCGV, HOL, Abelardo Santos, SMCP e Hemopa.

Confira o documento na íntegra: http://migre.me/tCljI

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará