WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

CES constata unidades de saúde em precárias condições em Icoaraci

0

 

Em visita técnica na semana passada, nas unidades de saúde de Icoaraci, o Conselho Estadual de Saúde verificou in loco as condições de funcionamento desses locais e o atendimento que vem sendo dado aos usuários do SUS. O diretor do Sindmepa, João Gouveia, conselheiro do CES pelo sindicato, acompanhou a visita.

img-20161104-wa0006

Imagem do novo Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci.

Na visita à UPA de Icoaraci, de porte III, constatou-se que, com três anos de inaugurada, já apresenta evidentes sinais de deterioração em suas instalações e falta de equipamentos, materiais e medicamentos para dar conta da demanda. “Funciona como um grande postão, porque mais de 70% das pessoas ali atendidas deveriam ter sido tratadas na Unidade Básica de Saúde”, disse João Gouveia. Ele acrescentou que a UPA está transformada em um hospital, com pessoas ficando em torno de 15 dias internadas, o que está em desacordo com a portaria do Ministério da Saúde, que determina que as internações não podem passar de 24 horas.

Os conselheiros também visitaram as obras do Hospital Abelardo Santos, cuja entrega está prevista para dezembro de 2017. Na visita, constatou-se, pelo volume de obras que ainda falta ser feita, que esse prazo não será alcançado.

A unidade onde está funcionando o Abelardo Santos, conhecida como Abelardinho, está em melhores condições que as unidades municipais de saúde. Apesar da área física ser um espaço apertado, os serviços vem funcionando bem para o que se propõe, tanto na área ambulatorial quanto no serviço materno-infantil.

Na Unidade Básica de Saúde de Icoaraci os conselheiros verificaram as condições da Urgência e Emergência (U/E), constatando que estão precárias. João Gouveia atestou que falta na unidade os elementares equipamentos. “Falta desfibrilador, material para intubação, aspirador, respirador, além da falta de medicamentos básicos da U/E. No geral, a situação continua bastante precária pela falta de colaboração entre os serviços”, avaliou. O relatório da visita será encaminhado aos órgãos competentes para providências.

 

 

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará