WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa Informa – 13.11.2016

0

MAIS MÉDICOS

O governo federal anunciou nesta semana a abertura de mais 1.000 vagas para o Mais Médicos, porém desta vez voltadas exclusivamente ao ingresso de médicos brasileiros, segundo o anúncio do Ministério da Saúde. A iniciativa não deixa de ser um avanço desde que os médicos formados no exterior que vão assumir sejam submetidos ao Revalida, o que garante a qualificação do profissional aprovado. O programa precisa ser discutido com as entidades médicas para mudar o foco do Mais Médicos para Mais Saúde.

 

80 ANOS DO IEC

O Instituto Evandro Chagas, completou na última sexta-feira, 11, 80 anos de fundação. Ao longo dessas oito décadas, se consolidou como uma das mais importantes instituições de pesquisa em saúde pública em âmbito nacional e internacional. Nossas congratulações e parabéns ao IEC pela contribuição a descobertas fundamentais à prática da medicina e à saúde. Um programa do Saúde Alerta será dedicado ao tema.

 

ESTADO DE GREVE

Médicos de Parauapebas contratados pela Secretaria Municipal de Saúde do município aprovaram estado de greve. A decisão saiu de Assembleia Geral realizada pela categoria na última terça-feira. Todos os trâmites burocráticos estão sendo seguidos pelos médicos, que fixaram um prazo de 72 horas para concretizar a decisão da assembleia. O Sindmepa tem diretor e delegado no movimento e acompanha de perto as ações por melhores condições de trabalho e mais respeito à categoria no município, no que tange ao atraso e redução de valores dos pagamentos.

 

HUMANITAR

Depois de meter os pés pelas mãos em Marabá, onde praticamente abandonou os hospitais Materno-Infantil e Hospital Geral, causando prejuízos incalculáveis aos médicos, a empresa Humanitar agora tenta se estabelecer em Barcarena. O Sindmepa já enviou documentos de alerta à categoria para que não preste serviços a esta empresa, acostumada a dar calote e não garantir direitos trabalhistas de médicos que se aventuraram a trabalhar para ela.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Matéria publicada na edição da última sexta-feira, 11, do Diário do Pará, com o título: “Conselho Estadual condena saúde em Belém”, veicula opinião expressa pelo diretor do Sindmepa, João Gouveia, como se fosse opinião do Conselho Estadual de Saúde. Em nenhum momento o Sindmepa falou em nome do CES, mas apenas emitiu opinião enquanto entidade que participa do Conselho. O CES ainda não apreciou o relatório das visitas realizadas em conjunto por quatro conselheiros que participaram da ação.

 

NIVEL DE CONFIANÇA

O profissional médico é o mais merecedor de crédito entre os profissionais liberais no Brasil. É que atesta a mais recente pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM). Realizada nos meses de agosto e setembro deste ano pelo Instituto Datafolha, a pesquisa coloca a Medicina no “topo do ranking” da confiança do cidadão brasileiro. Professores ficaram em segundo lugar, com 24%, e os bombeiros vieram em terceiro, com 15% de aprovação nas opiniões emitidas. Pelo menos é um alento nesta época em que todos querem explorar a categoria médica.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará