WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Portaria que reduz número de médicos nas UPA’s será suspensa até março

0

Os efeitos da portaria que decide pela redução de médicos nas UPA’s de Ananindeua serão suspensos até o dia 31 de março. A decisão foi tomada pela procuradoria de Ananindeua a pedido do Ministério Público e Sindmepa e informada à categoria médica, esta manhã (27), durante reunião entre o Sindmepa, CRM, médicos, procuradoria de Ananindeua e Secretaria de Saúde do município.

De acordo com o procurador Sebastião Godinho, dentro deste período o Ministério Público irá avaliar os efeitos da portaria em Ananindeua para tomar uma decisão final e a procuradoria se compromete a acatar a orientação do MP.

Durante a reunião, o diretor João Gouveia esclareceu que o movimento médico criado para discutir a questão da portaria é legitimo e não aceitará retaliações por parte da gestão. Gouveia pediu ainda a eleição imediata de um diretor clinico para as UPAS, além da contratação de médicos que atuem nas Unidades Saúde da Família, como forma de diminuir as longas filas nas Unidades de Pronto Atendimento.

O Assessor jurídico do Sindmepa Eduardo Sizo, propôs a criação de um núcleo, junto à secretaria de saúde de Ananindeua, para estudar o encaminhamento de pacientes graves que têm ficado internados nas UPAs por longos períodos.

As reivindicações levantadas pela categoria como materiais básicos para atendimento, remédios, melhor infraestrutura e uma porta para a UPA da Cidade Nova com separação entre a ala médica e a sala de espera estão sendo discutidas junto com o secretário de saúde do Município, Paulo Campos e deverão ser solucionadas nos próximos meses. Assim como, informou a contratação de mais de 12 médicos no mês de fevereiro para o ESF. O procurador Sebastião Godinho se comprometeu ainda a criar, dentro dos próximos dias, uma campanha esclarecendo a respeito do objetivo e funcionalidade das UPAs.

SEGURANÇA

Um núcleo especifico dentro da Guarda Municipal será criado nos próximos meses para trabalhar exclusivamente na segurança das unidades de Saúde. Segundo o procurador Sebastião Godinho, o edital para o concurso deve ser lançado dentro de 20 dias.

O Sindmepa vai aguardar a formalização de documento da secretaria municipal, na próxima semana, para reunir com a categoria e avaliar os resultados desta reunião e os rumos do movimento.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará