WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Sindmepa Informa – 23.09.2018

0

AÇÃO CIVIL

O Sindmepa vai encabeçar Ação Civil Pública contra a portaria do Ministério da Saúde que determina a redução do número de profissionais de saúde no atendimento de portadores da doença renal crônica do SUS. A portaria 1675 permite que até 50 pacientes, em um mesmo turno de diálise, estejam sob a responsabilidade de um só médico nefrologista e só um enfermeiro. Também aumentou o número de pacientes por técnico de enfermagem, de quatro para seis, o que para nós é um flagrante atentado ao bom atendimento desses cidadãos. Nesta luta, participam com a gente a SBN, ARCJ, Coren, Sindicato dos Enfermeiros, CMS, CNS e CRM-Pa.

AS HORAS

Para discutir o tema do suicídio – que é marcado este mês pela campanha Setembro Amarelo – o Sindmepa vai promover um debate após a exibição do filme As Horas, filme britânico-americano do diretor Stephen Daldry, estrelado por Nicole Kidman. Teremos a participação de psiquiatras e de um psicólogo. O debate terá como intermediador o nosso diretor, Edvan Brandão Junior, que é psiquiatra e crítico de cinema. Será na próxima quinta-feira, 27, às 19h, no cineteatro do Sindmepa.

REFORMA

O futuro da advocacia trabalhista pós-reforma foi tema de um encontro promovido na semana passada, em Belém, pela Associação dos Advogados Trabalhistas do Estado do Pará (Atep). A terceirização, a execução pós-reforma e a manutenção dos escritórios pós-reforma foram temas em discussão no encontro, que contou com a presença de especialistas de vários lugares do Brasil. Representando o Sindmepa, esteve presente a diretora de comunicação, Verônica Costa.

OSCAR

O Regresso, filme cuja atuação deu o Oscar de melhor ator a Leonardo di Caprio, será exibido na sessão de terça do cineteatro Sindmepa. Dirigido por Alejandro González Iñarritu e inspirado na história real de Hugh Glass, o filme conta a história do explorador que ao ser atacado por um urso é deixado para trás pelos companheiros e volta para se vingar. Uma opção imperdível. Às 19h. Entrada gratuita.

BARROS BARRETO

A falta de insumos básicos para o funcionamento do centro cirúrgico levou à paralisação das cirurgias eletivas no hospital Barros Barreto, esta semana. Uma vergonha uma instituição tão importante para a nossa população ser obrigada a parar por falta de rouparia e bisturis. O Sindmepa vai solicitar esclarecimentos e audiência com a direção da Ebserh, pois a empresa foi criada justamente para sanar as deficiências crônicas do HUJBB e Hospital Bettina Ferro.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará