WhatsApp: (91) 98895-3102
S.O.S Sindmepa: (91) 99893386

Para sempre em nossos corações!

1

Desde a chegada da pandemia do coronavírus ao Pará, o Sindicato dos Médicos (Sindmepa) vem acompanhando diariamente o efeito do vírus sobre a saúde de médicos e sua mortalidade.

Cumprimos nosso papel de registrar as mortes e nosso pesar pela perda desses colegas tão queridos para as famílias e amigos e tão importantes para a sociedade em geral, em um momento de extrema calamidade na saúde pública.

Há menos de um mês, noticiamos a primeira morte, do médico Carlos Augusto Estorari, em 16 de abril, e foi com muita tristeza de todos nós que fazemos o Sindmepa que registramos até ontem, 14 de maio de 2020, o falecimento de 25 médicos do Pará vitimados pela Covid-19.

Não podemos nos acostumar com esses números, só porque são diluídos em nosso dia a dia. No momento mesmo em que escrevíamos esse texto, nos chegou a confirmação de mais duas mortes de médicos nesta sexta-feira, 15, o que eleva nossas perdas para 27 médicos, dos quais oito eram nossos associados.

Em 1996, 19 trabalhadores morreram em um massacre no Pará e tivemos uma repercussão internacional. Devemos preservar a memória dos médicos do Pará massacrados pela Covid 19 quando tentavam salvar outras vidas.

Não podemos deixar que virem apenas números em tabelas e estatísticas. São pessoas que se foram, eram amadas por suas famílias, amigos e pacientes. Eram cirurgiões, clínicos, radiologistas, dermatologistas, bacteriologistas, gastros, psiquiatras, e tantos outros especialistas

Levará anos para que nosso estado se recupere dessas perdas. O Sindmepa fará tudo o que for possível para preservar a memória desses médicos e sua importância para a saúde do Pará. Jamais nos esqueceremos deles:

Lista:

CARLOS AUGUSTO ESTORARI
FLÁVIO NEVES LIMA
MAURO ROBERTO DOS SANTOS GUIMARÃES
GERALDO GOMES DA SILVA
NAGIB MUTRAN NETO
JOSE MARCELINO NUNES DA SILVA JUNIOR
AVELAR FEITOSA RIBEIRO
HELENA DO ROSÁRIO VIEIRA
MARIA DA GRAÇA BARRA VALENTE
JOSE GUILHERME DA SILVA TABOSA
MARCIO RUBENS DE ALMEIDA RIBEIRO
RAIMUNDO NONATO COSTA DE VIVEIROS
CLAUDIO ANTONIO FIGUEIREDO REIS
ALEX RIBEIRO BELLO
ROBERTO CARVALHO LIMA
MANOEL DAS GRACAS AMARAL MACIEL
OSMAR SEABRA COSTA
JOSEFINA RITA DARWICH BORGES LEAL
ELIVALDO BATISTA DE SOUSA
JOSE GUILHERME HENRIQUES DOS SANTOS
DANILO DAVID SANTOS SILVA
VALDIR PEDRO PEREIRA
GILBERTA BENSABATH
CLAUDIO SERGIO CARVALHO DE AMORIM
JORGE PUGA REBELO
MANOEL BRITO DE MORAES
LUIZ OTÁVIO RIBEIRO DA FONSECA

1 comentário

  1. Dr. Cláudio Reis trabalhou muitos anos no Posto de Saúde N. Sra. da Paz, no Bairro Novo, em Marituba, pertinho da minha casa. Foi um dos poucos q permaneceu tanto tempo, pois muitos, apesar do juramento e do tempo q precisam passar nas periferias, permanecem e se dedicam com amor a cuidar de seus pacientes. Era muito querido, e permanecerá nas lembranças de tds q o conheceram. Q Deus os recompense com a Luz Eterna. E q a sociedade possa valorizar a cd um q enfrenta diariamente, uma das maiires pandemias: o descaso com os profissionais de saúde. Q possam ser melhores remunerados e ter a estrutura necessária para desenvolverem seu trabalho. Gratidão pela vida de cd um.🙏🏽❤

Reply To Adriana Silva Cancel Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sindicato dos Médicos do Pará